quinta-feira, 20 de julho de 2017

Pétala nº 1882

“A vida é um novelo que alguém emaranhou.” 

Fernando Pessoa, poeta português (1888-1935), in “Livro do desassossego”, Ed. Tinta da China, 2014

1 comentário:

  1. Sem dúvida, e vá tentar desmaranhar!! É um jogo, um quebra cabeça dos mais difíceis. Quando passamos a linha por baixo ou por cima, há outras entradas e saídas. Há de ter muita paciência para chegarmos ao final do "rolo".
    Beijos, amiga!!!

    ResponderEliminar