sábado, 22 de julho de 2017

Pétala nº 1884

“As palavras são túmulos: estão vazias.”

Florbela Espanca, poetisa portuguesa (1894-1930)

2 comentários:

  1. Sim, a maioria delas...sem sentido. Parecem fantasias onde nada combina com nada, apenas enche o visual...
    beijo!

    ResponderEliminar
  2. Sempre foram as atitudes, os exemplos que realmente se conta, que valem. Palavras... uma hora o vento as leva e acabaram-se.
    bj

    ResponderEliminar